quarta-feira, 21 de março de 2007

Registro 13: Conforme Eclesiastes,

Todas as coisa têm seu tempo.
Todas as coisas têm seu tempo, e todas elas passam debaixo do céu segundo o termo que a cada uma foi prescrito. Há tempo de nascer, e tempo de morrer. Há tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou. Há tempo de matar, e tempo de sarar. Há tempo de destruir, e tempo de edificar. Há tempo de chorar, e tempo de rir. Há tempo de afligir, e tempo de saltar de gosto. Há tempo de espalhar pedras, e tempo de as ajuntar. Há tempo de dar abraços, e tempo de se pôr longe deles. Há tempo de adquirir, e tempo de perder. Há tempo de guardar, e tempo de lançar fora. Há tempo de rasgar, e tempo de coser. Há tempo de calar, e tempo de falar. Há tempo de amor, e tempo de ódio. Há tempo de guerra, e tempo de paz.

5 comentários:

Gaspari disse...

Até que enfim,consegui! Meu amigo, parabéns pelo blog e a feliz idéia de abri-lo com este fragmento do Eclesiastes, um dos meus preferidos.
Só um reparo, coisa de gente chata: caracteres vermelhos sobre fundo preto, só na camisa do Flamengo.Aí,sim!!! Em texto, dá um desconforto visual...
Longa vida ao blog!

Gaspari disse...

Ou meu pc. está bêbado ou a Net pirou de vez. Após abrir o blog, só veio este registro,nada mais. Achei estranho a abertura com "13.o registro". E os outros? Mas... Daí,notei que havia algum problema operacional. Após várias tentativas consegui (ufa!) todos os registros anteriores.

Raimundo Matos de Leão disse...

Gaspari, que bom contar com você nesse diálogo. Suas observações vão ser levadas em consideração. Não sou Flamengo nem minha negâ chama Teresa. Não resisto ao vermelho,mas vou me controlar. Talvez postando textos menores.

Gaspari disse...

Só você, meu amigo!E VIVA O BOM HUMOR!!!! Ah, não escreva textos menores. Todos estão no tamanho ideal.É um privilégio fazer contato com a sua inteligência via registros.A partir de ontem,já fazem parte das minhas leituras diárias.

Anônimo disse...

bom comeco